Newsletter

a aa
03 11

3 alimentos proibidos para gatos

Publicado em 03 de Nov de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Muitos snacks humanos podem colocar a vida dos gatos em risco. Saiba alguns e corra para guardá-los bem longe do alcance dos peludos

Texto Magdalena Bertola | Foto 123rf | Adaptação web Victoria Bassi

Chocolate e outros doces

De acordo com a veterinária doutora em nutrição, Manuela Fischer, “o chocolate é tóxico para eles por conter teobromina, uma substância que gatos não conseguem metabolizar e se acumula no organismo”. Ela afirma que 50 gramas já são o suficiente para causar taquicardia, espasmos musculares, vômitos, excitação e diarreia, colocando os derivados de cacau entre os alimentos mais perigosos para os bichanos. Uma maneira de substituir são os produtos à base de alfarroba.” Cárie, tártaro, obesidade e diabetes também são problemas comuns nos animais que visitam clínicas por conta do hábito de mimar os pets com doces.

Cebola e alho

Ambos possuem n-propil disulfito, que em médio e longo prazo pode provocar anemia hemolítica. Os alimentos industrializados também devem ser evitados. A especialista em nutrição do Hospital Veterinário Pompeia Carla Cattapan explica que a anemia destrói as células vermelhas, o que pode ocasionar a necessidade de transfusões de sangue.


Produtos lácteos

Gato ama leite, certo? Eles podem até amar, mas a maioria dos felinos é intolerante à lactose na vida adulta, alguns mais do que outros. Se você quiser agradar seu bigodudo com segurança, opte por iogurte natural sem açúcar, que possui menos lactose. Tal alimento deve ser oferecido com cautela e não diariamente. Outra dica para diversificar a dieta de líquidos é oferecer água de coco.

Revista Meu Pet Ed. 46

Comente!