Newsletter

a aa
29 03

Atenção: coelho não é brinquedo!

Publicado em 29 de Mar de 2018 por Isis Fonseca Comentar

Durante a Páscoa, preocupação com coelhos, símbolos da data, aumenta

No próximo final de semana comemora-se a Páscoa, data que é marcada como símbolo do "coelhinho da Páscoa". Nesse momento, muitos pais decidem presentear seus filhos com um coelho, o que pode causar problemas de abandono, como é o caso de Citronela e Clorofila.

“Muitas vezes, esses animais são vendidos como filhotes de mini coelhos, que não crescem e ocupam menos espaço, mas, na verdade, na maioria dos casos são de raça comum, que cresce normalmente e chega a pesar de 4 a 5 quilos”, alerta Lito Fernandez, biólogo e presidente da entidade. “Diante da situação”, prossegue, “as pessoas acabam prendendo os animais em gaiolas, pois desconhecem sua natureza de roer e cavar, ou, pior ainda, passada a empolgação da Páscoa, decidem descartá-los como se fossem objetos”.

O biólogo ainda conta que em alguns casos o coelho é encontrado em caixas fechadas, desnutrido e em péssimas condições. Portanto, ao pensar em adotar um coelho, lembre-se que ele é um animal que precisa de cuidados e não é apenas um símbolo da Páscoa!

Por outro lado, se você deseja ajudar esses animais, pode procurar o centro de adoção da Associação Natureza em Forma. Basta fazer uma visita à ONG, que fica na R. General Jardim, 234 – República – São Paulo/SP, de terça a domingo, inclusive feriados, das 10h às 20h.

 

*Por Isis Fonseca | Foto Renata Magpantay

 

 

 

 

 

 

Comente!