Newsletter

a aa
28 05

Pegada de carbono: entenda o impacto de um cão no meio ambiente

Publicado em 28 de May de 2015 por Marília Alencar Comentar

Descubra qual é o impacto de um cachorro no meio ambiente. Saiba que os pets também consomem recursos naturais

Texto Revista Meu Pet/ Foto: Divulgação

(Foto: Shutterstock)

Uma camionete ou um cachorro: você sabe qual deles mais consome recursos naturais? Os pesquisadores do Instituto Ambiental de Estocolmo, na Suécia, foram em busca da resposta e mediram a pegada de carbono (nome dado ao impacto causado no meio ambiente) de pets e veículos. A conclusão foi impressionante.

Um cão de porte médio tem uma pegada de carbono de 2 acres, enquanto a de algumas camionetes não passa de 1 acre. Isso significa que os peludos precisam de mais água, ar e terra (usada para plantar vegetais e criar animais que entram na fórmula das rações) para se manterem do que uma camionete requer para ser fabricada.

Compare as pegadas

No livro Hora de comer o cão: o guia verdadeiro para a vida sustentável (tradução literal), os autores Robert e Brenda Vale compararam a pegada de carbono de bichos e itens de consumo.
Veja o que eles descobriram:


  • Criar um peixe-dourado consome tantos recursos do meio ambiente quanto dois telefones celulares;
  • Um gato de estimação impacta a natureza tanto quanto um carro popular;
  • Dois hamsters utilizam tantos recursos naturais quanto uma televisão de plasma

Revista Meu Pet/ Edição 01

Comente!