Newsletter

a aa
26 12

Mito ou Verdade: Gatos causam problemas respiratórios

Publicado em 26 de Dec de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Você acha que não pode ter gatos em casa porque eles causam problemas respiratórios? Descubra se isso é um mito ou uma verdade!

Por Camila Rodrigues | Foto Débora Lopes Serralheiro | Adaptação web Isis Fonseca

Gatos causam problemas respiratórios

Algumas pessoas espirram, coçam o nariz ou ficam com os olhos inchados quando estão na presença de pets, principalmente dos felinos. Mas afinal, quem tem alergia não pode ter esses animais dentro de casa?

Mito

Para Fábio F. Morato, presidente da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI), essa afirmação é um exagero e não necessariamente correta. Estudos apresentados pela Faculdade de Medicinada Geórgia (EUA) comprovaram que o contato com pets nos primeiros anos de vida da criança reduz o risco de complicações respiratórias. “O convívio com gatos pode estimular o organismo a se defender e ser usado como fator de proteção”, enfatiza.

Além do incômodo que pode ser causado pela pelagem do animal, há pessoas que possuem uma sensibilidade ao próprio felino devido a uma proteína chamada FELD-1, que é encontrada na saliva e nas glândulas sebáceas desse bicho.

Para evitar que isso afete o seu organismo, o especialista lista medidas simples como adquirir o hábito de dar banhos frequentes nos animais e, além disso, eles sejam castrados o mais cedo possível. Isso porque os pets férteis produzem mais dessa substância.

Cuidados em casa

O ideal é tomar algumas precauções para não tornar a convivência com o peludo algo terrível. “Não é aconselhável manter muito contato com o animal, pois isso pode agravar o quadro de alergia”, indica Morato.

Outras dicas devem ser levadas em conta, como não deixar o pet dormir na mesma cama e procurar um médico para realizar um tratamento. “A imunoterapia com alérgenos do gato é uma das possibilidades para acabar com o problema.”

#DicasMeuPet

Uma boa escolha

O gato Siberiano é a raça mais indicada para as pessoas que sofrem de alergia. Isso porque sua saliva contém níveis baixos da proteína FEL D-1O.

Os mais procurados

Sphynx, CornishRex, Devon Rex e British Shorthair. Esses gatos apresentam uma característica em comum: todos possuem pouco ou nada de pelagem.

Prefira as gatas

As fêmeas são mais “antialérgicas” que os machos, uma vez que estes produzem o FEL- D1 em maior quantidade do que as suas companheiras bigodudas.

Sem sintomas

Os cachorros das raças Poodle, Maltês, Cão d’Água Português e Bichon Frisé lideram o ranking dos animais antialergênicos, ideais para lugares pequenos.

Adaptado de Revista Meu Pet Ed. 21

Comente!