Newsletter

a aa
13 04

Prepare sua vida para o pet idoso

Publicado em 13 de Apr de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Olhe as dicas de adaptações da casa e necessidades especiais de cães e gatos idosos

Texto Victoria Bassi | Foto Shutterstock

A idade chega para todos, mas é importante preparar sua casa e sua vida para uma rotina diferente da que o pet levava quando era mais jovem.

Adapte sua casa para a velhice do seu pet

“O uso de escadinhas adaptadas para que subam, por exemplo, no sofá ou na cama ajuda nas limitações da idade, porque evita que ele se esforce muito e cause danos às articulações e coluna. O ideal é que você, como tutor, evitar qualquer tipo de obstáculo, para que eles não tenham dificuldades de circular pela casa ou sofram algum acidente, principalmente animais que possuem algum grau de perda de visão”, comenta a Dra. Karin Botteon, médica-veterinária, membro da Comissão de Animais de Companhia (COMAC) do SINDAN.

Água em vários lugares da casa ajudam pets idosos

Outro fator que facilita o dia a dia de animais idosos, segundo Karin, é deixar água disponível em vários locais da casa. Isso porque animais com doenças renais, por exemplo, têm uma necessidade de se hidratar com mais frequência e também porque muitos deles deixam de se deslocar até os potes de água por dor ao se levantar ou para locomoção.

Pegue leve nos exercícios do pet

Manter a frequência de atividade física é importante em todas as fases da vida, pois estimula a cognição deles e mantém a saúde muscular, evitando fraqueza e atrofia. Mas, prefira passeios mais curtos, em horários menos quentes do dia, e mantenha as brincadeiras no limite da disposição do pet. Evite exercícios que exijam muito esforço muscular/ortopédico e físico, como por exemplo, o agility.

Mantenha uma frequência de visitas ao veterinário

O acompanhamento veterinário periódico com o objetivo de examinar o animal e coletar exames de rotina é fundamental. Nestes exames, o profissional conseguirá avaliar a saúde do animal e em caso de alterações, consegue ter um diagnóstico precoce, o que ajuda muito em todas as doenças.  

Comente!