Newsletter

a aa
04 07

Saiba quais são os erros mais comuns com os pets no frio

Publicado em 04 de Jul de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Confira as dicas e não deixe que os erros da temporada mexam com a saúde do seu peludo

Texto Luciana Faria | Foto Shutterstock | Adaptação web Victoria Bassi

Com a queda das temperaturas, muitos donos se perguntam se a dieta dos mascotes muda ou não. E a resposta é que as alterações são mínimas. A veterinária Keila Regina de Godoy, da PremieR Pet, tira as principais dúvidas par amanter o bem-estar e a saúde do peludo:


O apetite deve ser igual

O inverno brasileiro é ameno e, via de regra, não implica uma maior necessidade calórica de cães e gatos. Portanto, não aumente a oferta de ração.


Incentive a hidratação

Assim como nós, os bichos sentem menos sede nos dias frios. No entanto, fique atento à hidratação do animal e mantenha a oferta de água limpa e fresca.


Nada de aquecedor

Não é necessário aquecer os alimentos para oferecer ao pet e, inclusive, o peludo deve ser mantido longe de aquecedores, pois ressecam o ambiente.

Revista Meu Pet Ed. 37

Comente!