Newsletter

a aa
12 06

Cães e gatos também precisam de transfusão e podem doar sangue

Publicado em 12 de Jun de 2013 por Fernanda Ruiz Comentar

Para os animais o número de doadores é ainda menor do que para os humanos

 

Foto: Shutterstock

 

Assim como nós humanos, cães e gatos também precisam de transfusão de sangue. Para ser um doador, o animal precisa ser sadio e estar em jejum de quatro horas. A doação de sangue dura de 15 a 30 minutos e pode ser feita uma vez a cada três meses. De acordo com a especialista Carla Alice Berl, do Grupo Pet Care de Hospital Veterinário para se fazer uma transfusão de sangue é preciso, antes de qualquer coisa, saber se o animal é DEA positivo ou negativo. Os cães têm 13 tipos diferentes de sangue e os gatos tem apenas três. Eles também têm um fator que pode ser positivo ou negativo, como o rH dos humanos, mas para eles esse fator é chamado de DEA. Também é necessária a realização de uma prova de compatibilidade sanguínea, por meio de um teste com o sangue do receptor com o do doador, para averiguar se não há problema. Outros fatores determinantes para que um animal possa se tornar doadores são: tamanho, idade e histórico de saúde. No caso dos cães, eles precisam ter peso acima de 28 quilos, consideramos doadores ideais aqueles que têm pesam entre 35 e 60kgs. Devem ter acima de um ano de idade, não podem ter nenhuma doença crônica ou estar tomando medicamentos e precisam ser testado negativo para doenças transmitidas por carrapatos.

 

Comente!