Newsletter

a aa
29 01

Floral para cachorro: dar ou não dar?

Publicado em 29 de Jan de 2018 por Isis Fonseca Comentar

Você sabe o que é um floral? Conheça esse tratamento alternativo para o seu pet

Por Isis Fonseca | Foto Priscilla Fiedler/DrogaVET

Florais para cachorro

Você já deve ter ouvido falar sobre os florais para humanos, mas ouviu falar em floral para cachorro? O floral é um composto energético que retira a essência das flores. Essas essências trabalham emoções e promovem o equilíbrio. Os mais utilizados são os Florais de Bach. 

De acordo com Daiane Cavassim Kasecker, farmacêutica da DrogaVET de Curitiba, o floral para cachorro não gera efeitos colaterais, uma vez que usam essências de flores extraídas de plantas, ou seja, composições de origem natural.

“É aconselhável ao tutor que procure um médico veterinário para analisar a situação, identificar os fatores responsáveis pela disfunção no comportamento do pet e indicar a formulação que mais se adequa a necessidade do animal de estimação. Eles não necessitam de receita médica veterinária, porém devem ser comprados mediante orientação de um especialista”, orienta a especialista.

Daiane afirma que alguns tutores preferem dar medicações para o tratamento de distúrbios de comportamento dos pets, como por exemplo, antidepressivos e ansiolíticos sintéticos. Porém, esses podem trazer efeitos colaterais graves e até mesmo a dependência ao medicamento. “Já o floral para cachorro, muitas vezes consegue tratar os distúrbios de comportamento sem causar dependência. E, justamente por não causar essa dependência, eles podem ser retirados da rotina dos pets sem problemas, assim que o animal tenha restabelecido seu comportamento”. 

Segundo a especialista, em determinados casos, veterinários especializados em podem sugerir que os tutores também façam o uso dos florais, pois com o consequente equilíbrio do animal e do dono, haverá uma transformação no ambiente em que vivem e juntos alcançarão o efeito desejado. 

Os florais para cachorro podem ser administrados através de um conta gotas ou com uma pequena quantidade na comida ou na água do animal. Para quem for dar o floral puro, a indicação é de quatro vezes ao dia, quatro gotas do floral. 

Caso coloque as gotas na água ou na comida, o tutor deve colocar 16 gotas ao dia ou repartir em duas vezes, sendo 8 gotas duas vezes ao dia.

Se usado na água ou na alimentação, caso o animal não faça o consumo total do que está no comedouro e bebedouro, é necessário que o tutor providencie a troca e a limpeza dos potes, para ministrar a dosagem correta do floral no dia seguinte. 

O tempo para que o floral comece a fazer efeito é cerca de 20 dias, mas esse período pode ser maior ou menor, dependendo de cada animalzinho de estimação. Por ser um medicamento natural ele pode ser de uso contínuo, mas o tempo deve ser definido pelo médico veterinário.

 

→ Veja também as vitaminas essenciais para pets

Conheça 3 frutas para cachorro

 

 

 

 

 

 

 

Comente!