Newsletter

a aa
13 12

Métodos de prevenção e exames ajudam no diagnóstico do câncer em cães e gatos

Publicado em 13 de Dec de 2016 por Luana Zanolini Comentar

O câncer em cães e gatos não é muito diferente do que ocorre nos humanos. Conheça alguns exames realizados para confirmação de diagnostico e métodos que ajudam na prevenção

Texto Luana Zanolini | Foto Shutterstock

Métodos de prevenção e exames ajudam no diagnóstico do câncer

em cães e gatos

Um dos exames mais comuns para detectar o câncer em cães e gatos é o ultrassom. Ele ajuda na identificação de estruturas intra-abdominais. Já as radiografias avaliam as estruturas ósseas e vias respiratórias para um melhor diagnóstico. Não muito diferente dos humanos, outros exames como citologia, histopatologia, imuno-histoquímica e citometria de fluxo são usados.

Andrigo Barboza, médico veterinário parceiro da COMAC (Comissão de Animais de Companhia) do SINDAN e especialista em câncer de pequenos animais, comenta: “o tratamento de animais e pessoas com câncer, atualmente, são bastante semelhantes e envolvem em muitos casos a remoção cirúrgica associada ou não à quimioterapia/radioterapia, terapias alvo, e outras modalidades realizadas de acordo com a necessidade de cada caso”.

Para proteger seu peludo, alguns métodos de prevenção podem ser feitos:

- A castração precoce minimiza as chances de tumores de mama, ovarianos e uterinos;

- Não use anticoncepcionais;

- Alimentação saudável e equilibrada ajuda a prevenir a doença. Já dietas com menores quantidades de carboidratos e uso de antioxidantes ajudam durante o tratamento. 

 

Comente!