Newsletter

a aa
21 12

O que a cor da gengiva do seu cão diz sobre sua saúde

Publicado em 21 de Dec de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Saiba como avaliar a coloração correta da gengiva do seu pet para identificar doenças!

Texto Mario Marcondes | Foto Shutterstock | Adaptação web Isis Fonseca

Cor da gengiva do pet

A coloração da mucosa dos animais pode indicar uma série de problemas de saúde. Por isso, é muito importante saber identificar quando o pet apresenta algum sinal de que há algo errado para poder encaminhar o bicho aos cuidados de um veterinário o quanto antes.

Pela mucosa é possível avaliar, por exemplo, a circulação sanguínea do animal. Se o coração está funcionando bem, ele vai bombear o sangue para as extremidades e para todos os órgãos do animal. Nesse caso, as mucosas devem estar rosadas.

Agora, se existir uma circulação exagerada, como, por exemplo, em casos de febre ou infecções, as mucosas podem estar mais avermelhadas do que o normal, indicando uma congestão.

Já se as mucosas estiverem arroxeadas, pode ser indicativo de falta de circulação sanguínea adequada ou baixa oxigenação dos tecidos.

É comum ocorrer esse tipo de alteração quando o animal tem alguma doença cardíaca que dificulta a circulação sanguínea até as extremidades, ou mesmo em decorrência de problemas respiratórios, por baixa oxigenação.

Leia mais em Revista Meu Pet Ed. 51!

Comente!