Newsletter

a aa
11 01

Por que os cães braquicefálicos precisam de cuidados especiais

Publicado em 11 de Jan de 2018 por Victoria Bassi Comentar

Especialmente no calor, as raças de cachorros com focinho curto podem apresentar problemas respiratórios

Por Isis Fonseca | Foto Shutterstock

Cães braquicefálicos

Você sabe o que são cães braquicefálicos? São aqueles cachorros com dificuldade para respirar devido ao focinho muito curto. Entre as raças prejudicadas, estão os shih tzus, bulldogs, lhasa apsos e pugs.

No calor, o cão braquicefálico é mais prejudicado, pois devido ao focinho pequeno, eles não conseguem controlar a temperatura do corpo.

Segundo Gabriella Bianque, veterinária do Centro de Atendimento Veterinário Cave Tijuca, essa situação é chamada de hipertermia. Qualquer esforço fará com que seu cão tenha dificuldade para respirar.

Portanto, se você tem um cachorro braquicefálico, fique atento a alguns cuidados necessários, especialmente no verão:

Vá ao veterinário

Visite seu veterinário de confiança frequentemente para verificar como está a saúde do seu bichinho. A recomendação para cães braquicefálicos é que se consulte 4x ao ano. Se identificar problemas mais sérios, acompanhe a instrução dos especialistas.

Luta contra a hipertermia

Para evitar que o seu pet desenvolva a hipertermia, deixe a água sempre fresca. Outra dica para que se evite a doença é reservar um local sem sol e que deixe seu amigo fresquinho.

Preste atenção aos passeios

A recomendação de temperatura para passear com os pets é de 21°C. Fique sempre atento, pois além do calor prejudicar os cães braquicefálicos, também pode ferir as patinhas do animal. Sempre leve um bebedouro com você.

Saiba mais sobre cachorros com braquicefalia acessando o Portal Meu Pet!

Comente!