Newsletter

a aa
25 09

Dicas para divertir o pet no parque

Publicado em 25 de Sep de 2017 por Victoria Bassi Comentar

As brincadeiras são essenciais para o desenvolvimento e bem-estar dos cachorros. Veja algumas atividades que eles vão amar praticar em parques

Texto Nivia de Souza | Foto 123rf | Adaptação web Victoria Bassi



Se com o seu amigão a parada é se divertir em parques, praças e outros espaços abertos, e você é um sortudo tutor que pode acompanhá-lo nesses momentos prazerosos, a dica é levar para o passeio alguns brinquedos que o cão curta muito, seja para brincar de pegar ou incentivar o convívio com outros cães. De acordo com a adestradora Natália, alguns animais que adoram brincar de bolinha em casa parecem não ligar para ela em ambiente externo por conta dos vários estímulos a que são apresentados. “Pode ser que eles corram de um lado para o outro com os outros cachorros e ignorem totalmente o brinquedo, mas não há problema em deixá-lo se divertir com os amigos.”

Bolinhas e frisbee combinam em cheio com esses locais e de quebra exercitam o peludo. Lançadores de petisco e cordas são outras boas opções. Uma orientação importante é sempre observar o comportamento do seu peludo e dos outros animais do ambiente antes de incentivar uma brincadeira. Isso porque alguns mascotes são extremamente possessivos com os brinquedos, o que pode acabar gerando brigas desnecessárias. Para evitar que isso aconteça, deixe em casa todos os itens que envolvam petisco.


BRINCADEIRA VALE OURO

Para os humanos, as atividades físicas são essenciais para a manutenção de uma boa saúde e para o controle do estresse. Com os cães funciona da mesma forma. A especialista Juliana Gil comenta que as brincadeiras são estímulos cognitivos que contribuem para que o cão se torne um adulto saudável, sociável e com capacidade para lidar com diferentes estímulos.

Revista Meu Pet Ed. 49

Comente!